Notícias da Semana: 17 maio 2019

por Gabriel Santos Viana
17 de Maio de 2019, 17:10 h | por Gabriel Santos Viana
Atualidades
Nessa última semana acirrou-se ainda mais a guerra comercial entre EUA e China. Na Europa, o Brexit continua sem acordo, sofrendo uma baixa com a retirada da oposição trabalhista das negociações. No Brasil, estamos lutando para sair da “armadilha de baixo crescimento”, segundo Paulo Guedes, reforçando importância das reformas. O título público NTN-B 2019- também conhecido como IPCA+ 2019-venceu, pagando R$ 9 bilhões a cerca de 122 mil investidores. Se atualize com a Rio Claro!

Nessa última semana acirrou-se ainda mais a guerra comercial entre EUA e China. Depois do tweet do presidente americano na domingo (5 de maio), anunciando a elevação das tarifas de 10% para 25% sobre mais de U$200 bilhões anuais em importações oriundos da China e confirmados na última sexta (10 de maio). Em consequencia, no dia 13 de maio, a China retaliou, sobretaxando em U$60 bilhões (com novas tarifas de 25% e 20%) diversos produtos norte-americanos. O mercado reagiu em queda, S&P500 e Dow Jones, principais indicadores do mercado americano, caíram 2,4%. No Brasil, a Ibovespa chegou a cair mais de 2% e o dólar chegou a passar do R$4,00. O desenrolar das tratativas dessa disputa é acompanhado de perto pelo mercado, mas continua bastante imprevisível.

Ainda no cenário internacional, a questão do Brexit sofreu uma baixa. O líder da oposição trabalhista, Jeremy Corbyn, anunciou hoje a retirada do partido das negociações com o governo da conservadora da Theresa May. A premier britânica Theresa May apresentará mais uma proposta para o parlamento inglês no início do próximo mês. Será sua quarta tentativa desde o resultado do plebiscito. A moeda Libra esterlina reagiu em queda, caindo para US$1,275, seu nível mais baixo desde meados de Janeiro.

Já no cenário nacional, o BACEN divulgou o recuo de 0,28% no IBC-br (Índice de atividade Econômica do BC) em março comparado ao último mês e uma queda de 2,52% em relação ao mesmo mês do ano passado, o que corrobora o prognóstico do mercado de crescimento abaixo da expectativa nesse ano. Com os recuos na produção industrial (1,3%) e no setor de serviços (0,7%), o Bradesco já havia revisado para a projeção de crescimento do PIB deste ano de 1,9% para 1,1% e a pesquisa Focus, feita com os principais agentes do mercado financeiro e divulgada pelo Banco Central no dia 6 de maio, apontava um recuo de 1,70% para 1,49%.

Na última terça-feira (14), o ministro da economia, Paulo Guedes, comentou sobre a fragilidade da economia, ressaltando a necessidade da aprovação das reformas para sair da “armadilha de baixo crescimento”, segundo ele. A revisão da projeção de crescimento do PIB nesse ano será anunciada formalmente na próxima quarta (22 de maio).

Nessa semana, o título público NTN-B 2019- também conhecido como IPCA+ 2019-venceu, com o pagamento de mais de R$ 88 bilhões, sendo R$ 9 bilhões desses diretamente a pessoas físicas. Foi o maior vencimento de títulos públicos da história do programa, e tiveram uma rentabilidade bruta de 64%.

Para essa próxima semana, as tratativas da reforma da previdência devem voltar à tona, especialmente pela provável revisão para baixo do crescimento do PIB a ser anunciada na quarta. A reforma é necessária para a correção do crescimento acelerado das despesas obrigatórias e também é vista pelo mercado como um indicativo da capacidade do governo de avançar na agenda para a melhora do cenário econômico nacional. Um avanço nas conversas para a aprovação do novo pacto comercial entre EUA, México e Canadá deve ocorrer, enquanto o Brexit e a Trade War também devem afetar o mercado, porém são questões bastante incertas.


Na Rio Claro criamos e implementamos um plano para proteger e desenvolver o patrimônio dos nossos clientes, de acordo com perfil e objetivos de vida de cada um! Entenda mais sobre os nossos serviços clicando aqui

Acompanhe nossos artigos e aprenda ainda mais com a Rio Claro.

Notícias Econômicas e Investimentos: Outubro 2019

Esclarecemos aqui como os principais acontecimentos econômicos nacionais e internacionais influenciaram as carteiras de investimentos da Rio Claro no mês de outubro. Entenda como o mercado financeiro está movimentando as estratégias de carteiras da Rio Claro.

O maior risco do mercado financeiro

Existe um risco que poucas pessoas enxergam. Por este motivo quase todos estamos expostos a ele. Entenda que risco é esse e formas que você pode evitá-lo.

Você sabe como funciona uma Gestora de Investimentos?

Conheça os processos da Rio Claro Investimentos, a primeira Gestora de Investimentos Independente de Brasília.

O que significa ser uma gestora de investimentos independente?

Conheça a diferença entre o mercado financeiro tradicional e o modelo inovador da Rio Claro Investimentos.