Notícias Econômicas da Semana: 18 de setembro, 2019

por Gabriel Santos Viana
18 de Setembro de 2019, 11:16 h | por Gabriel Santos Viana
No mundo: reviravolta do Brexit, cortes nas taxas de juros na Europa, ataques na Arábia Saudita. No Brasil: reforma da Previdência e Tributária e demissão do secretário da Receita. Atualize-se com a Rio Claro!

No Brexit, houve reviravoltas! Essa semana, no parlamento britânico, o premiê Boris Johnson perdeu sua maioria após a aprovação (defendida por 21 parlamentares conservadores) de uma lei que impede o “Hard Brexit” (saída sem acordo do Reino Unido da UE) e a rejeição a um novo pleito. Esses reveses vieram após o primeiro ministro ter conseguido fechar o parlamento inglês a fim de acelerar a saída do bloco.

O Banco Central Europeu (BCE) anunciou seu maior pacote de cortes na taxa de juros (em 0,1%) e de estímulo econômico (compra de € 20 bilhões de títulos públicos) em três anos. Esses esforços são para reanimar a economia que vem desacelerando fortemente, em decorrência, principalmente, do enfraquecimento do comércio global. As medidas também aumentam a pressão por um maior corte de juros pelo FED. O banco Santander revisou, inclusive, sua expectativa para a Selic, estimando em 4,5% neste ano, com três cortes de 0,5%, nas três últimas reuniões do Copom.

E no último sábado, um ataque com drones reivindicado por rebeldes do Iêmen a duas instalações petrolíferas da estatal saudita, Saudi Aramco, causou grande apreensão mundial. Houve uma alta próxima de 20% no petróleo cru. A estatal estima uma queda de 5,7 milhões de barris diários, o que afetaria mais de 5% do fornecimento mundial da commodity. 

Brasil

A reforma da previdência, já aprovada na CCJ do Senado, tem uma nova frente de enfrentamento: a inclusão dos estados e municípios. Para tal, o relator da reforma no Senado, o senador Tasso Jereissati, estuda a tramitação de duas PECs paralelas sobre o tema. Uma para facilitar a aprovação por lei ordinária nas assembleias estaduais e municipais e outra para um estabelecimento de regras básicas como tempo de contribuição. A janela de tempo é curta, uma vez que as eleições municipais do próximo ano tendem a dificultar a votação de pautas impopulares.

O setor de serviços apresentou uma alta de 0,8% no mês de julho, especialmente no setor de informação e comunicação, enquanto que a indústria interrompeu a sua alta com queda de 0,3%. 

Na tramitação da PEC 55, que trata da reforma tributária, uma versão foi apresentada pelos secretários de Fazenda Estaduais, de forma a reduzir a participação do governo federal e aumentar a participação dos entes subnacionais. A participação dos municípios subiria de 19% para 21%, dos estados de 27% para 30%, enquanto o federal cairia de 55% para 49%. 

A proposta está alinhada com a versão do congresso em torno de uma simplificação tributária e da unificação dos tributos sobre bens e serviços para manter a arrecadação. 

A maior notícia no cenário nacional econômico foi a demissão do secretário da Receita, Marcos Cintra, um grande defensor da tributação sobre movimentações financeiras. A demissão ocorreu em decorrência da divulgação antecipada de estudos sobre uma versão da reforma tributária a ser apresentada pelo Planalto, que incluía um novo imposto nos moldes da CPMF. Dessa forma, a volta de uma tributação nesses moldes está afastada, embora o desejo do ministro da Economia, Paulo Guedes, ser este: ter uma tributação desse estilo a fim de desonerar a folha de pagamento. A demissão veio a pedido do presidente da república, Jair Bolsonaro.

Nas próximas semanas, a principal pauta tende a ser a tensão geopolítica envolvendo EUA, Arábia Saudita e Irã após os ataques às instalações petrolíferas sauditas e as reuniões do COPOM e do FED com prováveis anúncios de cortes nas respectivas taxas de juros.

Acompanhe nossos artigos e aprenda ainda mais com a Rio Claro.

Você sabe como funciona uma Gestora de Investimentos?

Conheça os processos da Rio Claro Investimentos, a primeira Gestora de Investimentos Independente de Brasília.

Notícias Econômicas da Semana: 02 de outubro, 2019

Atualizações do Brexit, processo de impeachment do Trump, cortes na taxa de juros no Brasil, Bolsonaro e a MP da liberdade econômica e muito mais! Atualiza-se com a Rio Claro. 

Diversificação nos Investimentos: entenda sua importância!

Muito se fala sobre diversificação de investimentos. Mas você sabe a real importância de diversificar a sua carteira? Neste artigo, nosso planejador Pedro Leite explica na prática porque a diversificação é essencial para minimizar os riscos e maximizar os retornos. Confira!

O que significa ser uma gestora de investimentos independente?

Conheça a diferença entre o mercado financeiro tradicional e o modelo inovador da Rio Claro Investimentos.