Onde Investir Grandes Fortunas: Conheça as Gestoras de Investimentos

por Daniel Macedo
31 de Julho de 2019, 15:19 h | por Daniel Macedo
Investimento
Clientes de alta renda exigem um tratamento diferenciado das empresas de investimento. Essa demanda fez com que surgissem os escritórios especializados em gerir fortunas, oferencendo como serviço o wealth management ou gestão de investimentos.

Já não é novidade que os clientes de alta renda sempre exigiram um tratamento diferenciado das empresas de investimento. Essa demanda fez com que surgissem os escritórios especializados em gerir fortunas, oferencendo como serviço o wealth management.

Esse tipo de cliente da valor a soluções financeiras sofisticadas, não é a toa que o wealth management tem ganhado espaço no mercado.

Se você possui um grande patrimônio e busca investir da forma mais eficiente para obter o máximo o potencial do capital investido, o wealth management é a solução para você.

Entenda o que é o Wealth Management

Focado em clientes de alta renda, a gestão de riquezas vai te trazer um planejamento estruturado, somado a uma consultoria especializada onde você conta com toda gestão dos seus investimentos de forma ativa.

Essa gestão de recursos, quando feita adequadamente, deve ser capaz de preservar o patrimônio do investidor ao agir prontamente para melhorar seus resultados. É exatamente por isso que o serviço oferecido por uma gestora de investimentos se diferencia bastante das práticas dos bancos e das corretoras.

O papel da Gestora de Investimentos no serviço wealth

O trabalho realizado por uma Gestora de Investimentos/Administradora de Carteiras busca a adoção de procedimentos que incluem não só a recomendação de alocação de recursos, mas também o monitoramento ativo das carteiras de investimentos, bem como a forma como esses recursos podem ser reinvestidos. Um dos importantes papéis da gestão de investimento é a proteção do patrimônio ao utilizar ao máximo o potencial do capital investido.

Se apresentando como o nível mais sofisticado de atuação no mercado financeiro, as gestoras de investimento precisam passar por um rigoroso crivo para estarem em operação. A responsabilidade da regulamentação é da Comissão de Valores Mobiliários (CVM).


O exercício da Administração de Carteira de Valores Mobiliários compreende a gestão profissional de recursos ou valores mobiliários, subordinados ao regime da Lei 6.385/76, entregues a pessoa física ou jurídica com autorização para a compra ou venda de valores mobiliários por conta do investidor. (CVM)


Como comentei acima, se tornar uma gestora de investimentos não é um processo trivial, muito pelo contrário, fora toda burocracia do processo existe uma série de critérios que devem ser observados para que uma gestora de investimentos possa oferecer seus serviços no mercado. (CVM 558).

A ideia global é que uma pessoa com grande patrimônio centralize todas suas necessidades financeiras em um mesmo lugar, contando com o suporte de profissionais especializados. Dessa forma, todos os investimentos e planejamentos de recursos são oferecidos de forma integrada.

Uma Gestora é bem mais que apenas uma consultoria de investimentos, tendo em vista que ela se torna responsável por praticamente todos os aspectos financeiros do indivíduo.

Como uma gestora é constituída?

Entre as exigências a serem cumpridas, a gestora, para funcionar, tem por obrigação possuir como seu responsável técnico um gestor de carteiras certificado pela ANBIMA. (CGA)


A CGA tem objetivo de certificar os profissionais que fazem gestão de recursos de terceiros de veículos de investimentos. Isso inclui aqueles que atuam na gestão de recursos de terceiros e que têm alçada/poder de compra e de venda dos ativos financeiros das carteiras destes veículos. (ANBIMA)


Além disso, existe uma série de pré-requisitos, manuais e conformidades para oferecer esse tipo de serviço no mercado. Não é a toa que a maioria das pessoas não conhece essa forma de trabalho.

A qualificação dos profissionais responsáveis pela gestão dos recursos que a gestora administra é fundamental. Essa é uma forma de aumentar a segurança dos investidores garantindo que apenas profissionais qualificados como especialistas possam prestar este tipo de serviço.

A qualificação também é necessária para que o profissional seja capaz de adotar boas práticas de gestão de recursos e utilização dos instrumentos corretos.

Ou seja, o trabalho na gestora é feito de acordo com o seu perfil e estrutura e entendendo seus objetivos, identificando produtos mais alinhados ao perfil de cada investidor, e, também, para repassar informações adequadas sobre as carteiras gerenciadas.

Como funciona o trabalho de uma gestora?

O primeiro passo é entender por meio de uma análise detalhada, a sua situação financeira atual. Essa espécie de "anamnese financeira" será fundamental para definir a política de investimentos que será adotada em sua carteira, dessa forma é importante entender os objetivos de curto, médio e longo prazo, além do seu nível de tolerância ao risco.

Uma vez elaborada essa estratégia, chegou o momento de implementar e executar os procedimentos necessários.

E após esse momento inicial, o trabalho da gestora e do seu conselheiro é estar ao seu lado para toda e qualquer decisão financeira, bem como estar de prontidão para qualquer mudança da economia. Vocês passarão a se encontrar regularmente com o objetivo de atualizar metas, revisar e reequilibrar a sua carteira de investimentos.

O objetivo da gestora é sempre buscar atender o cliente por completo, cuidando da sua vida financeira com o máximo de tranquilidade, conforto e comodidade.

Qual a segurança que tenho estando em uma gestora de investimentos?

O seu patrimônio nunca passa pela gestora. Todo dinheiro que você movimenta entra e sai das suas próprias contas registradas em seu nome e CPF, como em todos os outros serviços financeiros.

Além disso, os profissionais são credenciados e capacitados para realizar o maior compromisso: a proteção do seu patrimônio.

Resumo

Se você construiu seu patrimônio e está em busca de um serviço sofisticado, você encontrará na Gestora grandes vantagens como: Gestão de investimento realizada por profissionais especialistas no mercado, diluição de custos e acesso às melhores alternativas de investimentos, política de investimentos desenvolvida de forma personalizada, assessoria profissional em todos os aspectos ligados ao patrimônio, administração de recursos e patrimônio mais adequada para sua estrutura, reavaliação contínua dos resultados, com rebalanceamento de ativos, monitoramento de risco e modificações nas alocações dos recursos.

Acompanhe nossos artigos e aprenda ainda mais com a Rio Claro.

Você sabe como funciona uma Gestora de Investimentos?

Conheça os processos da Rio Claro Investimentos, a primeira Gestora de Investimentos Independente de Brasília.

Notícias Econômicas da Semana: 02 de outubro, 2019

Atualizações do Brexit, processo de impeachment do Trump, cortes na taxa de juros no Brasil, Bolsonaro e a MP da liberdade econômica e muito mais! Atualiza-se com a Rio Claro. 

Notícias Econômicas da Semana: 18 de setembro, 2019

No mundo: reviravolta do Brexit, cortes nas taxas de juros na Europa, ataques na Arábia Saudita. No Brasil: reforma da Previdência e Tributária e demissão do secretário da Receita. Atualize-se com a Rio Claro!

O que significa ser uma gestora de investimentos independente?

Conheça a diferença entre o mercado financeiro tradicional e o modelo inovador da Rio Claro Investimentos.